Vinho Tinto

Os melhores vinhos até 10€

Os melhores vinhos até 10€

 

Os 10 melhores vinhos tintos até 10€

 

Estamos em plena época de vindima. Do trabalho que agora se faz nas vinhas um pouco por todas as regiões vitícolas, sairão no decorrer do próximo ano, os melhores vinhos portugueses de 2021.

Mas enquanto aguardamos pelo resultado desta vindima, nada como ir provando as colheitas anteriores. Agora que o frio começa a aparecer, iremos partilhar consigo uma lista dos 10 melhores vinhos tintos até 10€ que pode encontrar em dott.pt, e que certamente serão uma ótima companhia nos finais de dia ao jantar, ou simplesmente a acompanhar um petisco enquanto vê uma série no sofá com uma manta nas pernas.

 

 

1. Marquês de Marialva Baga Reserva

Começamos por lhe sugerir um vinho monocasta (Baga) da região da Bairrada, com notas de frutos vermelhos e compota, e que é ideal para acompanhar pratos de carne vermelha, bem como queijos amanteigados e enchidos.

 

2. Vidigueira Alicante Bouschet

Mantendo a aposta num vinho monocasta, desta feita Alicante Bouchet, sugerimos uma opção do que melhor se faz na região alentejana. Encorpado e com notas de cacau e especiarias, é o companheiro ideal para pratos condimentados como um borrego assado no forno com batatas!

Vidigueira Alicante Bouschet

3. Vinha Grande

Voltando mais a norte, e uma casa histórica da região do Douro (Casa Ferreirinha) que produz alguns dos melhores vinhos portugueses, sugerimos o Vinha Grande. Um vinho clássico, cheio de complexidade e com notas de fruta preta e tabaco. Ideal para acompanhar pratos de carne de caça e enchidos.

Vinha Grande

4. Altano

Também do Douro, mas numa opção mais económica, pode encontrar o Altano. Um vinho fácil de beber, sem grande complexidade, em que os aromas florais se evidenciam. Ideal para beber fora das refeições, em momentos informais com família e amigos. Sem dúvida uma boa escolha para o dia-a-dia.

Vinho Tinto Altano

5. Quinta dos Termos Vinhas Velhas

Da Beira Interior chega o Quinta dos Termos Vinhas Velhas. Um vinho que pode ser bebido de imediato, ou caso seja apreciador de vinhos com mais idade, pode ser guardado para apreciar dentro de 5 a 10 anos. Especiado e com notas de pimenta preta, é um vinho muito fresco e com excelente acidez. Ótimo para acompanhar queijos leves e pratos de carne vermelha como um bife Wellington.

Quinta dos Termos Vinhas Velhas

6. Beyra Reserva

Ainda na região da Beira Interior, selecionamos o Beyra Reserva. Um blend com as castas Tinta Roriz , Jaen, Mencia e que nasce de vinhas plantadas a cerca de 700 metros de altitude. Frutado, mineral e muito elegante, é um excelente pairing para assados de carne, presunto ibérico fatiado e queijos curados.

Beyra Reserva

7. Carvalhais Colheita

O Dão é uma das regiões portuguesas atualmente menos conhecidas, mas que produz vinhos muito elegantes. O Carvalhais Colheita não é exceção. Com aromas de bosque e notas florais, é um vinho tinto elegante, mas também muito gastronómico. Convida claramente a bebê-lo acompanhado de pratos com alguma estrutura como um polvo à lagareiro ou um cabrito assado.

Carvalhais Colheita

8. Esporão Colheita

Voltando ao Alentejo, voltamos a uma das marcas mais icónicas da região - Esporão. O colheita tinto tem um modo de produção biológico e as suas uvas são 100% provenientes da herdade do esporão. Feito a partir de uma mistura de castas nacionais (Touriga Nacional, Aragonez e Touriga Franca) e internacionais (Alicante Bouschet e Cabernet Sauvignon) apresenta um perfil macio e uma textura sedosa, onde predominam os aromas a ameixa e frutos silvestres. Ótimo para acompanhar pratos de carne e queijos não muito intensos.

Esporão Colheita

9. Três Bagos Reserva

Intenso e aromático, este é mais um vinho da região do Douro que pode beber já, ou guardar por alguns anos para uma ocasião especial. Na boca predominam as notas de fruta vermelha madura e apresenta uma grande complexidade. Harmoniza na perfeição com pratos de carne branca e vermelha, ou peixes assados no forno como um robalo ou uma dourada.

Três Bagos Reserva

10. Cortes de Cima

Fechamos esta lista com mais uma sugestão do Alentejo. O Cortes de Cima é um vinho que é envelhecido durante 12 meses em barricas de carvalho, o que lhe confere um ligeiro apontamento de madeira. Com notas de frutos silvestres, é uma ótima companhia para petiscos, tapas ou umas favas com chouriço!

Cortes de Cima

 

Agora que partilhamos consigo alguns dos melhores vinhos tintos portugueses, aproveite para juntar família e amigos e mostrar que é um expert na arte de conjugar vinhos e comida, e sobretudo, de criar momentos alegria e convívio.

Lembre-se! Beba sempre com moderação!

O melhor do dott no seu email.

Seja o primeiro a saber todas as novidades e campanhas. 🤞Ao submeter o seu email, concorda com a nossa política de privacidade.